A boneca. Leia poesia para a tua criança. Hoje temos Olavo Bilac.

Deixando a bola e a peteca,
Com que inda há pouco brincavam,
Por causa de uma boneca,
Duas meninas brigavam.

Dizia a primeira: "É minha!"
"É minha!" a outra gritava;
E nenhuma se continha,
Nem a boneca largava.

Quem mais sofria (coitada!)
Era a boneca. Já tinha
Toda a roupa estraçalhada,
E amarrotada a carinha.

Tanto puxava por ela,
Que a pobre rasgou-se ao meio,
Perdendo a estopa amarela,
Que lhe formava o recheio.

E, ao fim de tanta fadiga,
Voltanto à bola e à peteca,
Ambas por causa da briga,
Ficaram sem a boneca...


Olavo Bilac.

Comentários

Toninho disse…
Que bom reler Bilac.
Faz tempo que não lia nada dele.
Boa partilha e otima para introdução das crianças no mundo da poesia.
Abraços

Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Declaração Universal dos Direitos da Criança.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.
CLIQUE NA IMAGEM PARA ASSISTIR.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

Mozart para bebês.

Preservando a natureza.