A Raposa e as Uvas. Fábula de Esopo com atividades.

Fonte da imagem:http://www.publicdomainpictures.net/view-image.php?image=68142&picture=ouro-fox
Uma Raposa, morta de fome, viu, ao passar diante de um pomar, penduradas nas ramas de uma viçosa videira, alguns cachos de exuberantes uvas negras, e o mais importante, maduras.
Não pensou duas vezes, e depois de certificar-se que o caminho estava livre de intrusos, resolveu colher seu alimento.
Ela então usou de todos os seus dotes, conhecimentos e artifícios para pegá-las, mas como estavam fora do seu alcance, acabou se cansando em vão, e nada conseguiu.
Desolada, cansada, faminta, frustrada com o insucesso de sua empreitada, suspirando, deu de ombros, e se deu por vencida.
Por fim deu meia volta e foi embora. Saiu consolando a si mesma, desapontada, dizendo:
"Na verdade, olhando com mais atenção, percebo agora que as Uvas estão todas estragadas, e não maduras como eu imaginei a princípio."

Autor: Esopo.


Moral da História:

Ao não aceitar nossas limitações, perdemos a oportunidade de corrigir nossas falhas...



Analisar a frase:

"Na verdade, olhando com mais atenção, percebo agora que as uvas estão todas estragadas, e não maduras como eu imaginei a princípio."


Perguntas:

Porque a raposa falou que as uvas estravam estragadas?
Não dar a resposta de pronto, aguardar que pensem.

Ela poderia fazer algo para alcançar as uvas?

Valeu a pena tanto esforço?  - seria válido se ela reconhecesse que não conseguiria.

Você acha que a atitude dela quando disse que as uvas estavam estragadas foi correta?

Você recorda de ter tomado essa atitude alguma vez?

Você entende e reconhece as tuas limitações?

De que serve reconhecermos nossas limitações, apenas para nos conformarmos ou para lutar e nos tornarmos melhores?


Atividade: 

dramatização ou teatro reproduzindo a moral da história com outra situação vivida pela criança, como dificuldades na escola, em casa, com amigos.

Pedir que as crianças escrevam um final diferente caso a raposa tivesse reconhecido que não poderia alcançar as uvas.

Comentários

Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Declaração Universal dos Direitos da Criança.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.
CLIQUE NA IMAGEM PARA ASSISTIR.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

Mozart para bebês.

Preservando a natureza.