Importante para sua boa navegação pelo blog.

Importante para sua boa navegação pelo blog.

Pedrinho disse não! Diga não às drogas!!

Fonte da imagem: http://www.publicdomainpictures.net/?jazyk=PT

 Pedrinho tem dez anos e é um garoto muito esperto. Uma tarde, ele estava indo para casa, quando dois meninos da escola o chamaram.
 - Ei, garoto, vem cá! - Logo eles estavam andando ao lado de Pedrinho.
 - E aí, cara, tudo bem? - disse um deles.
 - Tudo bem. - respondeu e continuou andando.
 - Cara, temos uma coisa legal aqui. Dá uma sensação ótima. Você quer experimentar? - disse o outro.
 - Não, obrigado. - disse Pedrinho, muito sério.
 - É de graça - insistiu - e você vai gostar. E mostraram algo como um cigarro.
 Pedrinho disse que não queria experimentar. Os garotos riram dele.
 Disseram que ele era careta, covarde. Mas o menino seguiu andando para casa sem dizer mais nada.
 À noite, contou ao seu pai o que havia acontecido.
 - Você agiu muito bem, meu filho. Eles lhe ofereceram um tipo de droga. Você lembra que já conversamos sobre isso?
 O menino lembrava. Foi uma conversa muito séria, quando seu pai explicou sobre as drogas e os prejuízos que elas trazem: fazem mal a saúde do corpo e do espírito; atrapalham a vida escolar; e, com o tempo, esse erro leva a não conseguir mais viver sem as drogas; então as pessoas brigam, roubam e, às vezes até matam para manter o vício.
 - É uma realidade muito triste das pessoas que seguem esse caminho, pois é um caminho muito ruim e de difícil retorno. Não devemos nem experimentar.
 Usar drogas é pisar em um chicle. Fica aquele grude ali, é difícil de tirar. É melhor não pisar, não usar drogas.
 Existem vários tipos de drogas: cigarro, bebidas alcóolicas e outras que destroem famílias, causam violência e morte. Drogar- se é como comer lixo.
 Pedrinho concordou, mas achou difícil dizer não, já que os garotos insistiram e riram dele. Ao que o pai explicou:
 - Sei que pode ser difícil dizer não, mas é o correto. Seja firme. Você é um bom filho - disse o pai, e abraçou o menino. - Continue estudando, brinque, faça amizades com outros garotos que também desejam seguir na estrada da saúde e do bem.
 Pedrinho, ainda no colo do pai, prometeu a si mesmo continuar estudando, sempre longe dos maus amigos e das drogas. Porque drogas não é uma atitude inteligente!

Claudia Schmidt




Atividade:

Levar cartolina ou papel pardo e dividir ao meio. Através de recortes de revistas ou desenhos, colocar de um lado tudo que faz bem à saúde e do outro o que prejudica o corpo. Ex: cigarros, imagens de drogas, bebidas, comer muito doces e refrigerantes, e como saudável legumes, frutas, legumes, exercícios físicos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

João e o pé de feijão. Historinha infantil com moral da história, dinâmicas e atividades.

A festa no céu. Narrativas diferentes da mesma história.

A PRIMAVERA DA LAGARTA - Ruth Rocha.