A Andorinha e as Outras Aves.

Estavam os homens semeando algodão e linho.
Observando-os, a Andorinha disse aos outros pássaros:
- Será para o nosso mal o que os homens estão plantando, pois dessas sementes nascerão algodão e linho, depois eles farão laços e redes para nos prenderem. Melhor seria destruirmos o que for nascendo para que estejamos seguras. As Outras Aves riram muito e não quiseram seguir o conselho. A Andorinha, vendo isso, fez as pazes com os homens e foi viver perto de suas casas. Depois de algum tempo, os homens fizeram laços, redes e instrumentos de caça, com os quais passaram a prender as Outras Aves, preservando a Andorinha.

Esopo. Domínio Público.

Moral da história:


Quem não tem força tem que agir com inteligência e prudência.

Comentários

Zilani Célia disse…
OI JEANNE!
VERDADE, AO INVÉS DE USAR A FORÇA USAR DE INTELIGÊNCIA, SEMPRE DARÁ CERTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Declaração Universal dos Direitos da Criança.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.
CLIQUE NA IMAGEM PARA ASSISTIR.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

Mozart para bebês.

Preservando a natureza.