Comemoração de 1 ano do inicio do blog. Hoje tem festa!


Amigos queridos que acompanham o blog Coisas de Criança, é com imensa alegria que comemoro um ano de sua criação com a presença de muitos de vocês aqui enfeitando a festa.
Obrigada por todas as palavras de incentivo, a presença de vocês foi muito importante para que eu percebesse se estava no rumo certo, acertando ali, consertando acolá, até achar o tom que ficasse bom para mim e ao mesmo tempo continuasse servindo de inspiração para pais e educadores – esse sempre foi o foco principal do blog – mas então, sem mais delongas, segue a colaboração dos amigos.
A proposta deixada na postagem com o convite para a festa era:

Se você entrasse em uma cápsula do tempo e encontrasse você aos 7 anos:

      - Onde estaria e fazendo o que?

      - O que você diria para você criança? – só não vale conselho, rsrs.

      - Deixar nome, profissão e quem puder a idade.

Depoimentos:

Com sete anos eu estaria em Mar Del Plata Argentina onde vivi até os 8anos de idade.
Me vejo brincando na sacada vestida com as roupas da minha mãe.
Eu diria A donde vás tan guapa?
Maria Fernanda Espino, aposentada,  55 anos.

*****

Com sete anos eu estaria na casa da minha avó paterna, estudando bastante e brincando pouco. Diria para aquela criança: dentro de você existe uma força muito poderosa, ela vai te salvar de tudo nessa vida!
Denise Araujo, psicóloga, 57 anos. Blog da Denise: Tecendo Ideias

****

Aos sete anos, eu em Porto Alegre. No quintal de casa, observando minhocas e bichinhos das plantas e da terra. O que eu diria?
- Jorge, continue a ser curioso e pesquisador, tua profissão favorecerá isso.
Jorge Avila Kuhn, Tradutor, 64 anos São Vicente/SP

****


Com sete anos eu gostaria de estar num mundo maravilhoso onde todos os seres fossem felizes. Eu pediria à criança que me ajudasse a ser um ser mais confiante e feliz.
Matilde, aposentada, 73 anos.

****

"Certa noite, perambulando no meu sonho, cheguei numa nuvem muito branca e fofinha! Ouvi uma voz: - ei, estou aqui!!! E eu, entre medo e curiosidade, avistei uma garotinha franzina, tímida e fui até ela. Era eu mesma, que, como um toque de mágica, estava lá, aos meus sete anos!!! Como aconteceu isto?? Eu hoje tenho 70 anos, mas há poucos dias, numa pontinha de tristeza por estar quase velhinha (kkk) fiz uma oração e pedi a nossa Mãe Celeste, como presente, viver só mais um dia como uma doce garotinha!! Não esqueça NUNCA que a criança que tem dentro de você, NUNCA MORRE!"
Alba Maria Filipi, 70 anos, aposentada.

****

Aos sete anos nos anos 50, e numa cidade de 30.000 habitantes, sem televisão - havia o cinema - com os desenhos animados, mas estava descobrindo também as Histórias dos Irmãos Grimm, Andersen, Perrault, e Monteiro Lobato- dá-lhe, imaginação!- enquanto quebrava a cabeça com as tabuadas! Aguardava as férias para vir passear em Porto Alegre, a capital, e a praia! Brincava de bonecas e de rodas na rua com as outras crianças e sonhava com os 15 anos: usar saltos altos e poder se pintar, não havia nada mais maravilhoso!
Haveria, mais, muitas lembranças mais, mas resumiria essa época com apenas duas palavras: doces sonhos!
Maria da Graça Silveira, 66 anos, aposentada. 

****

Se eu pudesse falar com aquela menina de sete anos diria para ela nunca deixar o piano e o balé, perseverar nos estudos e insistir para fazer faculdade na capital. Depois voltar para Alegrete e não sair mais de lá. E não casar cedo! Ah, e cuidar muito do seu irmãozinho para evitar a tragédia que o levou.
Simplesmente Maria, 63 anos, escrevinhadora. Blog:Simplesmente Maria

****

Estaria na rua, com meu pai, indo pra pracinha próximo da minha casa, e minha mãe estaria na escola.
Diria: cuidado quando você for brincar na gangorra. Ela pode acabar subindo muito alto, e você pode acabar se soltando, e batendo com a cara no ferro que segura a gangorra no chão, e pode se machucar feio.
Vívian Melyssa, Designer Gráfico, 21 anos. Página web:https://www.facebook.com/familydolls 

**** 


Com sete anos de idade eu andava nas ruas, jogando bola de gude com os meninos, correndo de bicicleta, pulando sapata. Às vezes me reunia com as meninas para passear. Andávamos à toa pelas ruas.
Se pudesse voltar no tempo eu diria apenas: Não tenho pressa.

Gladis Berriel, escritora, 64 anos.

****

Estou na cidade de Três Passos, RGS no quintal da casa. Vejo-a  com sete anos, pálida, séria, agachada na grama alta brincando com formigas. Toco delicadamente no ombro magro e ela levanta o olhar triste, de um azul profundo e límpido.
- Nunca tenha medo, digo. Você vai revolucionar. O sorriso rápido revela a falta dos dentes dianteiros.
Jeanne Geyer, blogueira, 64 anos.

****

Olha Ela, Feliz/Feliz, leve e solta, e suas primeiras pedaladas, na sua tão sonhada bicicleta. Vai firme Criança, vai firme! Equilíbrio, muito Equilíbrio é o que a vida vai necessitar sempre de ti!

Lidia Maria Lacombe Klingelfus, 63 anos bancária aposentada.

****


Para comemorar a festa de 1 ano de Coisas de criança, a Jeanne propôs que entrássemos em uma cápsula do tempo e nos encontrássemos com nós mesmos aos 7 anos, respondendo três perguntinhas:

1- Onde você estaria e fazendo o que?
R. Na rua brincando.

2- O que você diria para você criança?
R. Sabe esse céu imenso que gostas tanto? Deus te ama para além desse céu e jamais irá te abandonar.

Meri Pellens, blogueira e web designer autodidata, 41. Blog: Meri Pellens Mix

****

Se você entrasse em uma cápsula do tempo e encontrasse você aos sete anos:
- Onde estaria e fazendo o que?
- Brincando de boneca, de casinha e de ser professora...
- O que você diria para você criança?
- Brinque muito, enquanto pode...
- Roselia Bezerra, professora aposentada, 62 neste mês...

"Benditas recordações que me cercam como em um abraço e me levam até um lugar radiante chamado saudade. Lá, o que eu fui segue intacto, livre dos arranhões do tempo, conservado por cada momento em que fui genuinamente feliz.”
(Fernanda Gaona) Blog:ESPIRITUAL-AMIZADE

****

Aos sete anos comecei a alfabetização e lembro-me que tive que fazer muitas caligrafias, pois a minha letra ficava incompreensível. Nesta cena, em minha casa, a figura da minha avó paterna, que morava conosco, é muito presente; ela acompanhava os meus deveres escolares. Não é uma recordação boa, não gostava de fazer caligrafia e, na realidade, não mudou muito meu formato de letras.
O que posso dizer a minha menina é que a amo e que quero manter acesa a sua chama de peraltices dentro de mim.
Norma, psicóloga, terapeuta de casal e família, 67 anos.

“Uma das coisas melhores que pode acontecer para alguém na vida é ter uma infância feliz”. Agatha Christie Blog: Pensando em Família

****

Se você entrasse em uma cápsula do tempo e encontrasse você aos sete anos:
Certamente estaria brincando de bonecas, coisa que sempre muito fiz.
 - O que você diria para você criança? –
Isso mesmo chica! Brinca e faz isso pela vida inteira!
Meu nome: Rejane
Profissão: advogada que abandonou tudo e foi ser apenas mãe, avó, dona de casa com muito amor e idade? Ainda 67!
Bjs, Chica  Blog Lugares Coloridos

****


Aos sete anos eu morava no campo. Lembro do alvorecer e eu me preparando para ir à cidade com meu pai. Lembro da sensação de felicidade, eu escolhendo um vestidinho, lembro das cores do céu ao amanhecer. Um misto de expectativa e importância me dominava.
Eu diria a essa menina: Aninha, nunca perca a capacidade de se encantar, de acreditar e ver a beleza.
Ana Souza, 59 anos, aposentada.

****

Se eu me encontrasse aos sete anos... Obviamente estaria brincando com as minhas bonecas!!O que eu diria? Não tenha medo, sei que algumas coisas e pessoas parecem grandes e assustadoras, mas geralmente elas não são tão horripilantes quanto parecem, acredite: você é corajosa, tem muitos dons que ainda não sabe e não se esforce tanto para que as pessoas gostem de você. Seja Feliz!! Carine Peres F. Cardoso, 42 anos, Psicóloga.

****


Aos 7 anos:
- Onde estaria e fazendo o que? Provavelmente em P. Alegre, brincando no pátio da casa que morávamos na nossa infância, junto com meu irmão Joao Gilberto que teria 5 anos. Provavelmente brincando com terrinha como a gente falava.
- O que você diria para você criança? –Aproveite para brincar porque a coisa vai ficar feia kkkkkk

Simone T T Pinho, procuradora institucional, 48 anos. 

****


Saindo da cápsula: 1-Estaria no ano de 1963 por burocracia escolar da época, não pude entrar para o grupo escolar por não ter sete anos completos e era de Março,imagina só, pois as aulas começavam em Fevereiro. Assim tive que viver este 7 anos numa aula particular com uma professora de nome Glória que me ensinava escrever e matemática.Assim meu tempo era de muita folga e vivi intensamente a infância de uma cidadezinha de interior de Minas Gerais. 2- Vá nadar mais no rio, vá jogar mais bola,catar frutas no pomar da casa de Drummond e fazer as tarefas da professora Gloria para ter mais tempo para brincar.
Toninho-60 anos-Engenheiro Eletricista. Blog: Momentos e inspirações



Amigos queridos, estou aqui emocionada ao final do post. 
Agradeço a presença de cada um e de todos que embora não tenham participado hoje, acompanharam esse trabalho desde o início. 
Esse blog é um sonho e um desejo profundo. 
Que Deus me permita deixar sementes em corações fecundos.

****

“Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos  filhos....  Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?” 

Os amigos que não puderam participar, podem ir deixando sua participação nos comentários durante o dia de hoje que vou acrescentando, bjs

Comentários

Roselia Bezerra disse…
Boa Tarde, querida Jeanne!
Tudo muito lindo!
Seja feliz e abençoada com seu blog!
Bjm muito frterno e festivo
✿ chica disse…
Ficou linda tua festa! Adorei os depoimentos dos amigos! bjs, até a volta! chica
Amiga querida, sabes da minha dura rotina de aposentada. Mas fiz questão de vir aqui te dar um abraço e desejar todo sucesso dom mundo ao blog e a ti. beijos.
Boa tarde, ficou linda sua postagem do niver do seu blog. Parabéns, que muitos outros anos venham para você e este seu espaço. bjs
Karina Pink disse…
Que lindooo
bjs
http://pinkbelezura.com/
Toninho disse…
Oi Jeanne linda festa para o lindo espaço.
Estive a ler outros amigos por ai e gostei de ver este retorno ao tempo de feliz idade.Saindo da cápsula:

1-Estaria no ano de 1963 por burocracia escolar da época, não pude entrar para o grupo escolar por não ter sete anos completos e era de Março,imagina só, pois as aulas começavam em Fevereiro. Assim tive que viver este 7 anos numa aula particular com uma professora de nome Glória que me ensinava escrever e matemática.Assim meu tempo era de muita folga e vivi intensamente a infância de uma cidadezinha de interior de Minas Gerais.

2- Vá nadar mais no rio, vá jogar mais bola,catar frutas no pomar da casa de Drummond e fazer as tarefas da professora Gloria para ter mais tempo para brincar.

Ainda no tempo: Toninho-60 anos-Engenheiro Eletricista.

Meu abraço Jeanne.
Feliz festa na boa semana.
Meri Pellens disse…
Obrigada, amiga, principalmente pela paciência com esta criança birrenta aqui rs...
Bjk!

Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Declaração Universal dos Direitos da Criança.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.

Assista a animação da música Aquarela, de Toquinho.
CLIQUE NA IMAGEM PARA ASSISTIR.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.

ECOLOGIA PARA CRIANÇAS.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.

LIVROS INFANTIS ILUSTRADOS ONLINE.
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER

Mozart para bebês.

Preservando a natureza.