Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Importante para sua boa navegação pelo blog.

Importante para sua boa navegação pelo blog.

Literatura infantil lúdica: uma importante ferramenta para a formação de leitores.

Imagem
O artigo de hoje ressalta a importância da contação de histórias na formação de futuros leitores. Sou incansável nessa busca. Pesquiso as mais lindas histórias infantis, fábulas, cantigas de roda, folclores, enfim, tudo que traz a criança para o mundo imaginário e fascinante da leitura. Bom proveito educadores e amigos queridos!



Raimunda Alves Melo*
A literatura infantil é objeto de muitas pesquisas nas últimas décadas. Alguns estudiosos tecem reflexões sobre a importância de estimular a leitura e a escrita e apontam alternativas para orientar os professores a realizar um trabalho mais sistemático e aprofundado com obras literárias voltadas às crianças. Outros discutem o papel da literatura infantil na formação de leitores. Neste texto, apresentamos algumas orientações metodológicas para garantir essa dupla função, pois queremos que a leitura na escola seja marcada por momentos lúdicos e prazerosos no contato das crianças com os textos literários, tendo como consequência o estímulo à al…

10 verdades sobre castigos infantis que talvez você não Conheça...

Autor: Jon Talber.
Uma pedagogia doente só é capaz de produzir mais doença...
"Se vistos com olhos imparciais, na verdade, os problemas são apenas testes de campo para comprovar nossa acuidade criativa..."
Um castigo que não é ao mesmo tempo educativo e disciplinador, trata-se de um deformador do caráter...
Em primeiro lugar, um comportamento infantil indesejável raramente é espontâneo. Isso quer dizer que ele não nasceu como parte integrante da criança. Na maioria das vezes são inspirações herdadas, assimiladas, a partir da própria mesologia, seja no ambiente doméstico ou de convivência do portador. Outro ponto importante são as atitudes dos adultos em relação aos indisciplinados, uma vez que a reação imediata são os ineficazes gritos, ou os castigos que ao invés de educarem deseducam. E não são raros os casos onde o pequeno infrator, além de não se corrigir, se corrompe ainda mais, o que acaba por criar um verdadeiro círculo vicioso, onde o educador agora se torna co-autor naq…

“Para que ficar bravo, se basta ser inteligente?” Reflexões e atividades para a Paz!

11º Plano de aula 1-Citação as semana: “Para que ficar bravo, se basta ser inteligente?”. 2-Meditação da semana: Planeta 14-Meditação para a paz. 3-História da semana: Exercício de paciência 4-Música da semana: Adolescente:Cidade Negra- Soldado da paz Criança: Paz,paz, paz (EVH vol. 2 música 31) 5-Atividade Integrada da semana: Frase curiosa
1-Citação as semana:
“Para que ficar bravo, se basta ser inteligente?”.
Mensagem reflexão:
A PAZ NASCE NO LAR.
Você já se deu conta de que as guerras, tanto quando a violência, nas suas múltiplas faces, nascem dentro dos lares? Em tese, é no lar que aprendemos a ser violentos ou pacíficos, viciosos ou virtuosos. Sim, porque quando o filho chega contando que um colega lhe bateu, os pais logo mandam que ele também bata no agressor. Muitos pais ainda fazem mais, dizendo: “filho meu não traz desaforo para casa”; “se apanhar na rua, apanha em casa outra vez”! Se o filho se queixa que alguém lhe xingou com palavrões, logo recebe a receita do revide: “faça o mesmo com ele”. “…

A mula. Fábula de Esopo.

Imagem
Fonte da imagem:https://pixabay.com/pt/equus-africanus-asinus-burro-de-carga-60509/ Uma mula folgadona devido à ausência de trabalho e por causa da grande quantidade de milho que recebia, galopava de um lado para o outro de um modo extravagante e arrogante. Vaidosa e muito confiante, dizia para si mesma: - Meu pai com certeza era um valoroso e belo raça pura. Eu sou sua própria imagem em velocidade, resistência, espírito e beleza. Pouco tempo depois, sendo levado a uma longa jornada como burro de carga, e sentindo-se muito cansado, exclamou em tom desconsolado: - Acho que cometi um erro. Meu pai, afinal de contas deve ter sido apenas um simples asno.

Esopo
Moral da história: 
Ao desejarmos ser o que não somos, estamos plantando em nós a semente da frustração.
Tudo na Criação de Deus é importante e faz parte do todo. Nada na natureza é sem um significado importante na sua vida bem como no equilíbrio de tudo. Todos os vegetais, minerais, animais, insetos, rios e matas precisam deste equilíbrio …

Colar de Carolina.

Imagem
Fonte da imagem:https://pixabay.com/pt/menina-mulher-feminino-senhora-163695/
Com seu colar de coral, Carolina corre por entre as colunas da colina.
O colar de Carolina colore o colo de cal, torna corada a menina.
E o sol, vendo aquela cor do colar de Carolina, põe coroas de coral
nas colunas da colina.

Cecília Meireles

FESTA NO GALINHEIRO. Tema: Responsabilidade.

Imagem
Fonte da imagem:http://www.publicdomainpictures.net/view-image.php?image=6001&picture=pascoa
Vejam só que gritaria vem vindo lá do terreiro! Que estará acontecendo, com as aves do galinheiro. Seu Peru todo orgulhoso, passeia de cauda erguida ao lado de mestre galo, muito contente da vida. Dona galinha D'angola numa grande animação com as aves do galinheiro, ensaia sua canção.
- Qui qui ri qui qui qui . . . ! Cisca pra lá cisca pra aqui! - Piu piu piu piu piu piu . . . Você sabe, você viu! - Co coró co có . . . a galinha carijó! - Que queré qué qué . . . qué qué . . . ! É o galinho garnizé! - Tô fraco, tô fraco, tô fraco, Tô fraco, tô fraco, tô fraco . . . ! Entretanto mais ao longe, tristinha desanimada, olhem só a dona Galinha, chocando a sua ninhada! - Ai, ai, ai . . . mas que tristeza, estou presa nesse palheiro! Eu tanto queria ir a baile do galinheiro. - A festa vai ser tão linda! Mas o que é que eu vou fazer, meus pintinhos preguiçosos demoram tanto a nascer! No entanto tenho uma id…

Aprender a aprender. O aprendizado que não se esquece.

Imagem
O vídeo Aprender a aprender remete a muitas situações do cotidiano. Pode ser inspirador nas relações de trabalho, nas relações pessoais, mas principalmente na relação mestre educando.
Estou compartilhando com vocês porque julgo ser algo extremamente inspirador para pais e professores que muitas vezes não sabem como lidar com a nova criança, onde antigos métodos pedagógicos devem ser atualizados com urgência. A expressão Aprender a aprender já traz em si o significado da verdadeira aprendizagem, aquela que é feita de erros e acertos, mas sempre com um mestre inspirador e amoroso. Nada deve ser entregue pronto para a criança, mostrar que fracasso é desistir, sucesso é persistir até a vitória. O vídeo é curto, portanto deve ser mostrado para as crianças e depois comentar com perguntas e debater as respostas das crianças. Ressaltar que o vídeo fala de comunicação também, porque embora sem palavras, o amor do mestre não deixa dúvida do que é preciso fazer. Tudo o que fazemos com o coração e ac…

Alice no País das Maravilhas.Capítulo 7 - Um chá maluco.

Imagem
Havia uma mesa arrumada embaixo de uma árvore, em frente à casa, e a Lebre de Março e o Chapeleiro estavam tomando chá; um Leirão estava sentado entre os dois, dormindo profundamente, e os outros dois o usavam como almofada, descansando sobre ele e conversando sobre sua cabeça. “Muito desconfortável para o Leirão”, pensou Alice, “mas já que ele está dormindo, acho que não se importa.” A mesa era bem grande, mas os três amontoavam-se num canto. “Não tem lugar! Não tem lugar!”, eles gritaram ao ver Alice chegando. “Tem muito lugar!”, disse Alice com indignação, e sentou-se em uma grande poltrona numa das cabeceiras da mesa. “Tome um pouco de vinho”, a Lebre de Março ofereceu em um tom encorajador. Alice olhou ao redor por sobre a mesa e não havia nada senão chá. “Eu não vejo nenhum vinho”, ela observou. “Não tem nenhum mesmo”, retrucou a Lebre de Março. “Então não é muito educado de sua parte oferecer”, respondeu Alice com raiva. “E não é muito educado de sua parte sentar-se sem ser convidada”…